Situada na região noroeste do Estado de São Paulo e a 395 km da Capital, Potirendaba-SP é uma cidade nascida com a participação coletiva e harmoniosa de múltiplos desbravadores e seus familiares.


Desde a sua formação iniciada em 1820, a cultura da partilha de esforços coletivos é sua marca registrada. Batizada inicialmente como Três Córregos (Água Espraiada, Carrapateira e Cascata), depois elevada a Distrito da Paz, seguida de município por lei estadual de 1925, seu nome significa coleção de Flores, na língua indígena tupi-guarani.


Fruto desse compartilhamento, a história de Potirendaba se mantém preservada em rico acervo formado com relíquias de famílias locais ofertadas ao Francisco Riva.


Recentemente, a obra “A história de Potirendaba”, idealizada pelo empresário José Luiz Franzotti, que contou com apoio de Deodoro Moreira, Raul Marques, Solange Massuia, Airton Marques, Editora Serifa, DLM Propaganda, Francisco Riva e depoimentos de moradores antigos, veio para enriquecer ainda mais, a memória e a cultura do seu povo.


Com 15.449 mil habitantes (segundo dados do IBGE), o município é hoje um dos mais promissores do Noroeste Paulista.


A cidade, desenvolvida em região de fácil acesso ao aeroporto em São José do Rio Preto e rodovias como Washington Luís e Transbrasiliana, malha ferroviária ligando ao Porto de Santos e Região Centro Oeste, além de certa proximidade com a hidrovia Tietê-Paraná, possui meios privilegiados de logística.


Sua infraestrutura moderna de saúde e segurança com invejável sistema de saneamento, qualidade de vida preservada e ensino de primeiro mundo aliado à tecnologia de ponta e IDH – Índice de Desenvolvimento Humano de 0,805 (em níveis europeus), o município é um convite aos empreendimentos de grande porte.


Alguns filhos Ilustres:

Manoel Ponciano Leite, desbravador pioneiro.

João Antonio de Siqueira, sertanista.

Francisco Riva, memorialista e guardião da história da cidade.

Hortência Marcari, a Rainha do basquete feminino brasileiro.

Reginaldo Prandi, sociólogo, professor e escritor.

Sigmar Malvezzi, psicólogo e professor multidisciplinar.

Luiz Alberto Rosan, fisioterapeuta da seleção brasileira campeã do mundo de futebol em 2002.


Destaque:

Washington de Barros Monteiro, um dos maiores juristas do Brasil é o Patrono do Fórum da cidade.


Fonte: A história de Potirendaba – 2017 Serifa Editora.

Autor: Raul Marques

Colaboração: Departamento de Cultura do Município.


Ficamos muito felizes, orgulhosos, surpresos e agradecidos em ter recebido um exemplar dessa obra magnífica e histórica, gentilmente enviada pelo seu idealizador - 22/09/2019.