Diante de tantas marcas de água mineral disponíveis e das composições distintas, a depender da localização e formação geológica do solo nas nascentes das Fontes, uma dúvida comum é saber qual a mais indicada para ser consumida no dia a dia.


Pensando nisso, apresento algumas características acerca de desse bem vital que podem ajudar na escolha de cada um.
 
Qual o nome do local da Fonte que envasa a água mineral que você bebe?
A mesma Fonte pode ter várias marcas e a mesma marca pode ser envasada em várias fontes.
Para saber, você precisar conferir o nome da Fonte no rótulo do garrafão.
 
Características físico-químicas
A composição da água mineral é formada naturalmente com a lenta retirada de minerais, na sua passagem pelas rochas subterrâneas. O nome, o local da fonte do envase e a sua composição devem constar no rótulo da marca.
Veja a importância da Composição Química da água e seus significados, nos artigos publicados no nosso site.
 
Qual o pH ideal?
A produto com pH 7,00 é neutro. Se menor, é gradativamente mais ácido e se maior, gradativamente mais alcalino.
O consumo permanente de água mineral com pH ácido deve ser evitado pelas pessoas com problemas gástricos e a água mineral com pH alcalino pelas pessoas com tendência desenvolver problemas de formação de pedras nos rins e vesícula.
 
Nível de Sódio
Varia de 1,00 a 103,00 mgL. Quanto menos, melhor. Alto teor de sódio deve ser evitado pelos hipertensos e portadores de doenças renais ou cardiovasculares.
 
Qual o nível ideal de Nitrato?
O nitrato é sinal de substâncias vegetais e animais da superfície em decomposição presentes na água. Quanto mais próximo de zero, a água é mais pura. A OMS recomenda incidência máxima de 10,00 mgL. Em bebês com idade de até seis meses pode ser tóxico, se ingerido em concentrações a partir de 10 mgL. No Brasil, a legislação atual permite até 50 mgL.


Nível de Flúor
A Organização Mundial da Saúde recomenda ingestão mínima e máxima diária de flúor, de acordo com a temperatura média anual de cada região, sendo:
 •  0,7 mgL para as com média anual de 27º.
 •  1,2 mgL para as com média anual de 18º.
 •  0,9 mgL para São Paulo, média de 19º a 26º.
 
Para que serve o Vanádio?
É um importante nutriente encontrado em algumas águas, na maioria das frutas e verduras e presente em grande quantidade nas nozes, nos peixes e nos crustáceos marinhos.
 
Bomba de pressão para Garrafão
Recomendamos higienizar antes de cada troca, pois a passagem contínua da água forma biofilmes e inicia um processo de contaminação da bomba, tubulação e água.


Mais informações úteis para proteger a saúde humana podem ser acessadas aqui mesmo, na página de artigos do site.

 
Vanessa Marceli de Araujo
Nutricionista CNR-3  19.791